Como comprar lajes – Conheça os principais tipos

A maior parte das casas brasileiras tem uma laje de concreto que serve para melhorar o isolamento em relação ao telhado e criar um ambiente mais agradável. Muitas vezes acima da laje existe um telhado de barro ou alumínio protegendo ainda mais das ações do tempo.

Em algumas casas é comum ter as lajes para que seja construído mais um piso acima da casa e tenha mais um quarto ou uma área de serviço para pendurar roupa, por exemplo. No mercado de construção civil existem dois tipos de laje, as maciças e pré-moldadas.

lajes de isopor vantagens e desvantagens

Lajes Maciças

Nesta é criada uma estrutura, uma espécie de molde, geralmente de madeira em que o construtor despeja o concreto. No meio são colocadas estruturas de ferro para auxiliar na sustentação da laje. A vantagem desse tipo de estrutura é que com ela acontecem menos trincas e rachaduras na estrutura, além de ter um acabamento mais bem-feito na parte debaixo. O ponto negativo é seu custo ser mais alto em relação a outro tipo de laje, pois, há um gasto com cimento, madeira e as estruturas metálicas. A própria residência tem que ter uma base boa para aguentar o peso da laje maciça.

Há dois tipos de lajes maciças – a simples, que se apoia diretamente nas vigas da construção, e a cogumelo, que se apoia nos pilares da casa. Nesta, os pilares devem ser reforçados com ainda mais ferro, senão pode comprometer toda a estrutura da construção. É possível também criar lajes maciças mistas, com a mistura do tipo cogumelo e simples.

 

Lajes Pré-fabricadas

Este tipo de laje já chega praticamente pronta até a construção. É possível encontrar em lojas especializadas placas de concreto e juntá-las para ter um conjunto bem resistente. Uma boa vantagem dessa categoria é que o custo é mais baixo e a montagem é fácil. As lajes pré-moldadas dispensam o uso de madeira na criação da laje, o que reduz ainda mais seu custo.

A desvantagem é nesse tipo de laje que podem existir problemas de acabamento, tamanho das placas não ser compatível com o planejado e trincas na construção. Mas, se houver um bom projeto, as placas podem ser melhor aproveitadas.

Os tipos de lajes pré-fabricadas mais comum são as treliçadas com lajotas de cerâmica. Este tipo é a que menos dá problema com trincas. O espaço entre as placas é preenchido com lajotas de cerâmica e depois de montado é só passar o concreto por cima que a laje ficará bem firme. Casas simples têm esse tipo de laje. O único cuidado que se deve tomar é no transporte e manuseio das placas que, por serem frágeis, podem quebrar.

Outro tipo são as treliçadas com isopor, que no lugar da cerâmica para tampar as trincas são utilizados blocos de isopor. Esse tipo de laje é bem leve e simplifica muito na hora de instalar a parte hidráulica e elétrica da casa.

 

Considerações finais

Existem outros tipos de lajes que são menos utilizadas e menos resistentes. Contudo, sempre procure um profissional de arquitetura e construção civil para saber qual é o melhor tipo de laje para sua obra, pois, além de estética, ele levará em consideração a estrutura já existente e a durabilidade do material escolhido.

 

Vídeo | Laje de isopor vantagens e desvantagens

https://youtu.be/EDo5n60V_JA

Deixe um comentário

*