Como fazer impermeabilização de paredes

A impermeabilização de paredes é um processo essencial nas construções atualmente. E, assim como na área externa e mais exposta das construções, ela também pode ser aplicada nas paredes tanto internas, quanto externas. A impermeabilização irá atuar evitando que infiltrações, umidade, fungos e mofo possam danificar as paredes. A impermeabilização prolonga a vida útil dos imóveis e evita que a estrutura sofra com fissuras e trincas, e mantém a salubridade dos ambientes. O processo de impermeabilização deve ser feito no período de construção das edificações, no entanto, como muitas vezes não é considerado tão importante, apenas mais tarde a impermeabilização é realizada. Veja como fazer impermeabilização de paredes.

Como aplicar o impermeabilizante de parede

impermeabilização de paredes externa com reboco

A impermeabilização de paredes deve ser parte fundamental da construção, porém ela pode ser realizada também apenas depois quando a parede estiver danificada. Vale lembrar que impermeabilização de parede não pode ser aplicada em construções de madeira, apenas alvenaria.

O processo de impermeabilizar paredes conta com várias etapas. Primeiro é necessário aplicar base de resina acrílica. Este produto é utilizado para paredes externas, pois é altamente impermeável e resistente às mudanças de temperatura e a incidência dos raios ultravioletas. No entanto, é preciso antes aplicar o fundo selador, que evita que os tijolos absorvam a reina, pois a superfície ficaria escurecida.

 

Processo seguinte na impermeabilização de paredes

Depois de seco, o impermeabilizante cria uma camada protetora resistente aos agentes agressivos e a água. O selador também é importante para permitir que a resina seja melhor aderida na parede e assim evita que a parede seja escamada ou descasque com facilidade.

A resina aplicada na parede externa precisa ser totalmente acrílica, pois se possuir estireno em sua formulação ela poderá ser aplicada apenas nas paredes internas. Uma dica é quanto ao tipo de tijolo utilizado, pois nos modelos com rejunte reto e profundo o selador não pode ser aplicado. No entanto, onde o impermeabilizante não for aplicado, a umidade pode se infiltrar. Já o rejuntamento raso e côncavo proporciona uma camada homogênea, que garante a impermeabilização completa. A aplicação dos dois produtos pode ser feita com trincha no rejuntamento e parte externa dos tijolos.

 

Como preparar a parede para impermeabilizar

Na impermeabilização de paredes também é utilizado o silicone. Ele é capaz de isolar totalmente a superfície, impedindo a infiltração e umidade. Deve ser aplicado com pulverizador parecido com aqueles usados para dedetização. Uma vantagem do silicone é que ele pode ser usado mesmo no rejuntamento profundo. Precisa ser aplicado em duas camadas, a cada oito horas de intervalo. Prefira produtos concentrados em 6%.

Considerações finais

Antes de impermeabilizar uma parede é necessário prepará-la para receber o produto. O primeiro passo é remover a camada da superfície da parede, lixando-a com lixa 150. Depois de lixar, é necessário retirar a poeira, pois caso contrário ela poderá impedir que o produto fixe. Somente depois a aplicação deve ser feita, de acordo com as instruções do fabricante. Alguns produtos exigem menos tempo de intervalo para secar do que outros. Entre os produtos mais utilizados estão o Vedacit, Viapol e Ciplak.

 

Vídeo | Como impermeabilizar parede externa com reboco

https://youtu.be/TXeqks6r2Ss

Deixe um comentário

*