Como fazer impermeabilização de reservatórios

Você está prosando resolver problemas de impermeabilização de reservatórios. A impermeabilização é uma técnica muito utilizada na construção civil hoje em dia. Isso porque ela traz muitos benefícios para os mais diversos tipos de construções.

Ela é responsável por evitar a ação da água da chuva, água do banho ou mesmo das lavagens e, por isso, evita a incidência das infiltrações, umidade, trincas ou rachaduras que possam ser causadas nas superfícies. É por isso que a impermeabilização também se tornou essencial para os reservatórios, pois em construções como essas ela garante a limpeza da água e sua qualidade.

A impermeabilização de reservatórios é muito importante para os diversos tipos de tanques como esses, mas especialmente os que ficam elevados, pois se movimentam devido à oscilação térmica e da carga. Confira como fazer a impermeabilização de reservatórios.

Reservatórios devem ser impermeabilizados?

impermeabilização de reservatório enterrado

Especialmente pela sua utilização, todos os reservatórios devem ser impermeabilizados. Essa técnica, muitas vezes, é considerada como de acabamento e, por isso, é deixada de lado.

No entanto, a impermeabilização de reservatório é um investimento na sua durabilidade, pois contribui com a conservação das superfícies interna e externa do reservatório. Isso porque, além da incidência dos danos temporais, também evita gastos com a recuperação da estrutura dos reservatórios que pode sair ainda mais cara, se considerarmos o desperdício de água.

Os reservatórios semienterrados também necessitam de impermeabilização, no entanto outro tipo de impermeabilizante é utilizado.

Para começar a impermeabilização de reservatório, a primeira ação é escolher qual o tipo de impermeabilizante será utilizado, no caso do reservatório suspenso, o flexível; no reservatório semienterrado, o impermeabilizante rígido.

A impermeabilização rígida deve ser utilizada em áreas que não ficam expostas a mudanças de temperatura e, por isso, é indicada para superfícies isentas das fissuras e trincas. Já a impermeabilização flexível é indicada para superfícies muito expostas às mudanças de temperatura, que estão suscetíveis a trincas e fissuras.

Veja também:

Como fazer impermeabilização de caixa de água | Concreto, amianto e fibra

 

Como é feita a impermeabilização de reservatórios

impermeabilização de caixa d'água enterrada

A impermeabilização dos reservatórios necessita seguir as normatizações da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Para começar, é necessário concretar a laje piso e todos os cantos da parede, para que não sobre nenhuma fissura entre parede e piso. Depois é hora de aplicar o primer e aguardar seis horas para sua completa fixação.

Vale lembrar que, quando a impermeabilização for feita com base asfáltica, é essencial não utilizar os hidrofugantes na argamassa, isso porque eles impedem que o primer penetre na edificação.

Depois, se recomenda encher o reservatório ao menos uma vez, para que a estrutura se acomode, e para que possíveis danos na estrutura possam ser identificados. A próxima etapa consiste em tratar os danos encontrados na superfície, sejam defeitos no concreto, interno ou externo.

Depois de impermeabilizar é importante testar a ação impermeabilizante, para isso encha o reservatório com água e deixe-o completo por cerca de setenta e duas horas. Depois de conferido a qualidade da impermeabilização, esvazie o reservatório e limpe-o utilizando bucha e detergente.

 

Considerações finais

É necessário também biselar a estrutura para garantir que possíveis falhas na aplicação possam aparecer. E, por último, proteja o piso com argamassa e tenha menos problemas com manutenção. Entre os principais impermeabilizantes estão o Viapol, Viaplus, Denver e Bianco.

 

Impermeabilização de Piscinas, Caixas d´agua e Reservatórios

https://youtu.be/1Mp1Y0E93og

 

Deixe uma Nota para Este Artigo!

Avaliação média: 4.33
Total de Votos: 3

Como fazer impermeabilização de reservatórios

Deixe um comentário

*