Lajes protendidas – Principais características e tipos

As lajes protendidas são compostas por concreto estrutural, normalmente em formato de “T” invertido. Para este tipo de laje, recomenda-se a utilização de um concreto que seja bastante resistente e que se mantenha, para vãos grandes, distância entre 5m e 15m entre pilares. O desenvolvimento da tecnologia de protensão constitui uma das principais melhorias no que diz respeito à engenharia estrutural, promovendo ganhos na qualidade das estruturas.

Essa tecnologia consiste na associação entre cordoalhas engraxadas e armaduras de laje, reduzindo tensões de tração e criando, portanto, um elemento estrutural plano com tamanha resistência capaz de substituir o uso de vigas, as quais reduziriam o espaço útil às fôrmas para implementação da laje, e mesmo o espaço após o término da obra. Os cabos utilizados em protensão são cortados e a operação é realizada por um macaco hidráulico que estica as cordoalhas até que elas atinjam a posição especificada pelo projeto a ser executado.

Lajes protendidas – Principais vantagens

lajes protendidas vão maximo

A qualidade das obras está intimamente ligada à estrutura escolhida. As lajes protendidas oferecem inúmeras vantagens e muitas possibilidades estruturais. Dentre as principais vantagens, destacam-se a liberdade arquitetônica, a otimização da área útil nos terrenos, a redução do peso da estrutura, da mão de obra e das deformações e, inclusive, maior velocidade na execução do projeto.

Seu uso mais notório está em hospitais e, também, em prédios comerciais e residenciais. Podemos destacar também, dentro do “grupo” das lajes protendidas, as lajes planas que, sem a utilização de vigas de borda, agilizam a execução em cada piso da estrutura, de forma extremamente simplificada.

 

Lajes Nervuradas

Também as lajes planas nervuradas, que resultam em lajes com baixa espessura e permitem a exploração do aspecto estético. De acordo com a pretensão a respeito dos vãos, pode-se adotar faixas maciças protendidas e lajes nervuradas, protendidas ou não. Independente da opção, por gosto arquitetônico, necessidade estrutural ou outros aspectos, as soluções protendidas são sempre uma opção elegante e que garante a flexibilidade de uso. Os principais benefícios da utilização dessas lajes é a diminuição do escoramento e, também, a diminuição do custo final total das obras.

Nos últimos anos, as lajes protendidas são cada vez mais empregadas na construção civil, seja pelo melhor aproveitamento do espaço, seja pela qualidade estética. São muitos os aspectos positivos sobre a utilização das lajes protendidas e, mesmo não sendo utilizadas em 100% das edificações, talvez por não serem suficientemente conhecidas por aqueles que projetam as estruturas, empresas importantes do ramo têm investido nesse tipo de material, tais como a Tamoyo, a Lajeal, a Cerâmica Kaspary e a Protensalto, todas elas se preocupando com a qualidade e a excelência, seja na produção ou na instalação das lajes.

 

Considerações finais

Entre todos os sistemas de lajes pré-fabricadas, as lajes protendidas, constituídas de materiais de alta resistência, são as de melhor performance. O diferencial é resultado de diversos testes e modificações, a fim de se obter um material confiável e que permitisse a flexibilidade que as lajes protendidas permitem. A laje protendida é produzida segundo as normas da Associação brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

 

Vídeo | Dicas sobre Laje Protendida

https://youtu.be/X5TaH-zdCTI

Deixe um comentário

*