Conheça os diferentes tipos de Impermeabilização

A impermeabilização rígida e a flexível são indispensáveis nas construções atualmente. A técnica serve para impedir que a água vinda das chuvas, da lavagem ou mesmo do banho possa causar infiltrações e umidade nos ambientes, evitando assim a proliferação de fungos e do mofo. A impermeabilização se tornou tão importante pois, de acordo com as estatísticas, cerca de oitenta e cinco por cento dos problemas detectados nas construções, são provenientes das infiltrações e vazamentos. A impermeabilização pode ser utilizada no momento da construção das edificações ou pode ser aplicada depois quando a construção apresentar falhas e material poroso. Esse é um processo geralmente deixado de lado durante a obra, mas que é tão importante quanto os outros procedimentos.

No entanto, é preciso ressaltar que existem vários tipos de impermeabilizações e que se utilizam de diferentes produtos para impermeabilizar de acordo com as superfícies. Confira quais são:

tipos de impermeabilização na construção civil

Impermeabilização rígida: onde pode ser aplicada

O mercado oferece diversos produtos para impermeabilizar e proteger as superfícies da umidade. Em geral, quase todos necessitam ser aplicados por profissionais e se dividem em dois tipos de produtos para impermeabilizar. Para impermeabilizar as edificações que não estão expostas a mudanças de temperatura é utilizada a impermeabilização rígida. É nessa impermeabilização que estão os produtos que utilizam cimento, que oferecem maior proteção em uma camada espessa.

O sistema rígido para impermeabilizar é aquele que transforma o local aplicado em impermeável. O impermeabilizante rígido não atua em conjunto com a estrutura, o que não protege locais expostos às temperaturas variadas, baixas e altas. Por isso, esse tipo de sistema para impermeabilizar é preferível apenas para áreas que estão isentas de fissuras ou trincas. Dessa forma, a impermeabilização rígida deve ser utilizada, apenas em estrutura pequena isostática, áreas com estrutura estável como reservatórios de água enterrados, poço de elevador, piscina enterrada, piso externo e baldrames de fundação.

 

Impermeabilização flexível: onde pode ser aplicada

A impermeabilização flexível é aquela formada por materiais como polímeros e asfalto. O sistema flexível para impermeabilizar pode ser utilizado nas construções que estão vulneráveis a trincas e fissuras, como os locais expostos à chuva, umidade e a mudanças de temperatura, por exemplo. Para aplicar esse tipo de impermeabilização são utilizadas as membranas, que podem ser moldadas na hora, e as mantas, que são pré-fabricadas.

Materiais como manta asfáltica, que é pré-fabricada, possui espessura definida, e necessitam apenas de uma camada para aplicação. Já o sistema para impermeabilizar moldada, como bloco de asfalto, pode ser aplicada quente e as soluções e emulsões aplicadas a frio. A impermeabilização flexível pode ser empregada em piso frio como de área de serviço, cozinha, e banheiros, galeria de trem, grandes calhas, espelhos d’ água e piscina suspensa, laje pré-moldada, mista ou maciça, cobertura, terraço, varanda e reservatório de água elevado.

A impermeabilização de dois tipos precisa de acompanhamento de um profissional especializado, para identificar o tipo de estrutura, o tipo de sistema para impermeabilizar mais adequado e fazer a aplicação e a manutenção. É importante também utilizar uma impermeabilização de qualidade, por isso entre os principais fabricantes de matérias impermeabilizantes estão Vedacit, Viapol e Bianco.

 

Passamos a palavra ao leitor

Compartilhe abaixo nos comentários suas experiências sobre produtos para impermeabilizar ou caso tenha dúvidas apresente-as para solucionarmos juntos o problema.

Desejamos a todos uma boa obra! Mãos a massa!

 

Vídeo | Tipos de impermeabilizantes na construção civil

https://youtu.be/4kDndsF5rB4

Deixe um comentário

*